Um milhão de PCs tentam atacar o Google

Um milhão de PCs tentam atacar o Google

Damian Menscher, responsável pelos data centers do Google, diz que uma rede de um milhão de PCs zumbis está atacando os servidores da empresa

São Paulo — O engenheiro Damian Menscher, responsável pela manutenção de data centers do Google, denunciou a existência de uma rede zumbi de um milhão de PCs que tenta atacar os serviços de busca da empresa de Mountain View.
Segundo Menscher, a rede é formada por máquinas com Windows infectadas por algum programa maligno de redirecionanento de navegação. O código malicioso muda a configuração dos browsers dos usuários e os utiliza para acessar sites sem a permissão da pessoa. Para Menscher, essa rede vem sendo usada para realizar uma enorme quantidade de acessos simultâneos aos serviços de busca do Google – o chamado ataque de negação de serviço. Até o momento, diz Menscher, a empresa tem conseguido se defender com sucesso.
O método de ataque não é novo e é relativamente comum na web. Para tentar desfazer a rede zumbi, o Google está enviando mensagens aos PCs que a empresa identificou como infectados. As mensagens pedem que seus donos realizem procedimentos de segurança, como mudar a configuração do browser para evitar o redirecionamento das conexões, além de atualizar o antivírus e o sistema operacional.

 

Por Felipe Zmoginski
access_time25 jul 2011, 11h04

Leave a Reply