Uma nova maneira dos empresários pensarem a Ti

Uma nova maneira dos empresários pensarem a Ti

Category : Gestão

Este texto foi inspirado em matéria publicada no site Harvard  Business Review. sobre a forma como os empresários devem Pensar a Ti de Suas empresas, sejam elas pequenas, medias ou grandes.

Começo reproduzindo a afirmação de que historicamente, muitos empresários encaram a TI como um “mal necessário”. Para esse grupo, a TI serve para dar suporte interno aos seus projetos de negócio. Eles normalmente contratam terceiros para ajudá-los com a TI, que nunca se torna parte de seu negócio principal.

Um segundo conjunto de empresários entende TI como produtos de informação. Esses empresários não tem formação nestas áreas e procuram distanciar-se do dia a dos assuntos e problemas dia da TI, como se fosse possível separar Ti do restante das estratégias da organização.

A causa disso é que geralmente gestores estão mais focados em resultados e objetivos e não se interessam por pormenores como bits e bytes e por outro lado, os especialistas não entendem nada de gestão e estão mais focados na solução dos incidentes do dia e dos problemas que persistem roubando seu tempo e atenção.

Quando um especialista conversa com um Gestor, normalmente eles falam uma linguagem estranha para o outro e o gestor por ter mais poder de decisão prefere deixar que a equipe de Ti oriente estas decisões sem se inteirar dos pormenores.  Depois, quando as coisas não atendem bem as estratégias da organização poe a culta na sua equipe de TI.

Mas será que um gestor age da mesma forma em outras áreas como RH, Contabilidade, Judicial, fiscal engenharia e outras, das quais ele também não é especialista ?  E por que não tomar a frente e treinar seu pessoal para falar uma linguagem mais simples alinhada com a gestão ?

Temos feito um grande esforço para envolver os gestores nos assuntos de TI e o segredo tem sido justamente traduzir tais assuntos em linguagem simples e fácil de compreender, permitindo assim que o gestor possa exercer seu papel de escolha e decisão com a melhor qualidade.

Entendemos que assim os gestores podem orientar suas equipes para alinhar com as estratégias da organização e compreender as dificuldades enfrentadas e usar toda a sua sabedoria para propor melhores caminhos.

João Sérgio P. Silva